Network Security deixe sua rede na mão de especialistas

A Segurança em redes de computadores consiste na implementação e gestão de diversos elementos que filtram, protegem e exercem controle sobre todos os dados que trafegam entre as redes. As redes podem ser divididas em até 6 níveis de segurança:

Redes de Missão Crítica   -   Redes Locais Privadas   -   Redes Wifi Privadas

Redes Wifi Publicas   -   Redes Públicas    -   Redes Pessoais

É necessário a adoção de soluções que sejam capazes de controlar o acesso entre os tipos de redes, além de analisar o tráfego procurando por possíveis ameaças. Cada tipo de rede possui seu nível de segurança que é analisado de acordo com o nível de CRITICIDADE X NÍVEL DE ACESSO.

O Firewall, também conhecido como UTM  (Unified Threat Management) ou NGFW (Next Generation Firewall) são dispositivos que concentram recursos que inspecionam, analisam e controlam os dados. Sua utilização resulta em alto ganho de disponibilidade, segurança e produtividade para qualquer tamanho de organização.

Network Security - mapa de conexões e redes corporativas.

Principais funcionalidades de um Firewall

Controle de Acesso: É de extrema importância que os dados sejam acessados de forma autorizada e controlada, definido critérios como horários, grupos de usuários e endereços. O gestor deve determinar quem, como, quando e a partir de onde o acesso será permitido, desse modo o nível de risco pode ser reduzido a níveis satisfatórios, evitando problemas comuns como infecção por malware, roubo de dados e perda de informações.

Acesso Remoto Seguro: A internet também é usada como meio de comunicação corporativa e é de extrema importância que se garanta a segurança e disponibilidade das informações trasmitidas. VPN Site a Site, cliente de VPN e SSL VPN são meios de interligar filiais e usuários à organização com máxima eficiência e segurança.

Gerenciamento de Malwares: As ameaças se aproveitam de sistemas vulneráveis, políticas de segurança mal aplicadas ou falta de conscientização dos usuários. Seus objetivos são, por exemplo, interromper o funcionamento de um sistema, roubar ou danificar dados e sequestrar informações. O firewall é capaz de fazer a varredura do tráfego de rede e procurar por ameaças em tempo real sem comprometer o desempenho das redes.

Gerenciamento de Conteúdo: Um dos maiores problemas nas organizações é a perda de produtividade com aplicações que não estão relacionadas ao negócio e que fazem com que os usuários percam o foco no trabalho, por exemplos o Facebook, WhatsApp, sites de nudismo, fofocas e muitos outros. O firewall é capaz de identificar e categorizar o conteúdo permitindo assim que o gestor possa decidir que tipo de conteúdo seus usuários terão acesso.

Gerenciamento de Tráfego: Direciona o tráfego para informações e para os links de níveis corporativos e o que não for, direciona para links de baixo custo, isto se aplica também para as redes com BYOD e redes Wireless. Deste modo, obtém-se uma boa redução de custos com links e ganho de produtividade para toda a organização.

Alta Disponibilidade: A implementação com alta disponibilidade possibilita a utilização de diversos links de internet no mesmo equipamento, desse modo pode-se garantir que a organização sempre estará online e segura. Existe também a técnica de alta disponibilidade de hardware, onde pode-se garantir o funcionamento do firewall mesmo que ocorra falhas ou mesmo a queima de um dos equipamentos.

Redes Wireless: As redes Wireless, muitas vezes, são portas para a entrada de invasores por ser uma rede difícil de controlar e instalar, os firewalls são capazes de controlar todo o tráfego destas redes. Outro ponto importante para a gestão completa é a realização de um site survey para implementação de uma rede segura e com alto desempenho.

Entre em contato

Converse com nossos especialistas em CYBER SECURITY

Soluções

image
A segurança em redes de computadores consiste na implementação e gestão de diversos elementos que filtram, protegem e exercem controle.
Saiba mais
image
A grande parte das equipes de T.I geralmente não possuem controle ou visão sobre o desempenho e disponibilidade dos serviços de T.I.
Saiba mais
image
Erros de programação, má configuração ou falha humana na utilização dos recursos por falta de orientação, são alguns dos exemplos que podem gerar vulnerabilidades de segurança.
Saiba mais
image
A cada dia o números de dispositivos móveis aumenta entre os colaboradores das organizações trazendo consigo grandes riscos de segurança das informações que trafegam entre esses dispositivos.
Saiba mais
image
Atender a necessidade de acesso dos usuários, se torna um desafio a partir do momento em que se deve gerenciar todos os tipos de usuários e o modo que ele deve se identificar para acessar o seu ambiente wireless.
Saiba mais
image
Quando um colaborador é admitido recebe diversos privilégios de acesso pela alta demanda de atividades cotidianas, os administradores de redes e profissionais de segurança da informação não acompanham estes privilégios.
Saiba mais

Clientes

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6