Não é preciso ser um gestor para ser um líder. Profissionais podem apresentar atitudes típicas de liderança no dia a dia, independente do seu cargo, nível hierárquico ou área de trabalho. Essas atitudes podem mudar a maneira como o seu trabalho é executado e entendido pelos colegas da empresa, permitindo que o indivíduo e toda a sua equipe sejam apresentem muito mais produtividade.

Confiança nas decisões

Quem assume um papel de liderança é o depositário da confiança da equipe. Isso significa que a equipe irá confiar nas suas opiniões e, na maioria dos casos, seguir suas sugestões.

Esse pode ser o fator decisivo para realizar um projeto ou atingir uma meta, pois você conseguirá organizar seus colegas em torno de uma proposta e convencê-los a seguir aquela direção.

É claro que, com essa confiança, você também recebe uma dose extra de responsabilidade. Suas decisões passam a ser diretamente responsáveis pelo sucesso ou fracasso da equipe.

Clima da equipe e produtividade

Quem ocupa um papel de líder, mesmo que não seja o gestor de TI, tem muita influência sobre o clima da equipe. É o líder quem acalma os ânimos e ajuda esclarecer desentendimentos. Isso está relacionado, novamente, à questão da confiança.

Nossa dica é que você busque se manter neutro no dia a dia; assim, quando situações de conflito aparecerem, a equipe enxergará você como um bom mediador dos problemas.

Além disso, um verdadeiro líder consegue se impor pelo respeito, e não pelo medo. Isso faz com que a equipe se sinta mais à vontade para se comunicar de maneira transparente com você.

Motivação para metas

Nós já falamos, lá na introdução, que o papel de líder pode influenciar a produtividade; isso acontece porque o líder é um motivador. Ele entende seus colegas. E, como cada profissional é diferente, esse entendimento é a chave para que o líder identifique o que motiva cada um, usando essa informação para dar aquele empurrão rumo à produtividade.

Então, o líder interage com a equipe e se comunica com ela, para informar as metas e criar um clima de colaboração. Esse trabalho permite que a equipe atinja melhores resultados.

Feedback efetivo

Muitos profissionais só aceitam receber feedback de alguém que realmente consideram como um “líder”. Isso acontece principalmente, é claro, quando se trata de feedback negativo.

Afinal, a situação é um pouco constrangedora; mas receber aquele “toque” de alguém que você respeita e reconhece pode amenizar o sentimento de fracasso.

É mais provável que esse feedback seja acatado e produza uma mudança real se ele for apresentado por uma figura de liderança. Por isso, o líder é a pessoa ideal para informar à equipe quando algo não está indo bem, ou quando um procedimento ou atitude precisa ser melhorado.

Apresentar uma atitude de liderança é uma forma de ajudar a equipe a aumentar a produtividade. Mas não é só isso: também permite que você se destaque no trabalho e consiga novas oportunidades profissionais.

Quer conhecer outras maneiras de demonstrar seu potencial como profissional de TI? Então, leia também nosso artigo sobre “Como se destacar na área de TI”.