DDoS, sistemas de prevenção de intrusos, firewalls, prevenção contra perda de dados, gerenciamento de segurança da informação, DPI e Wireshark são só alguns dos aparelhos e aplicações necessários para defender uma rede corporativa contra ataques cada dia mais sofisticados.

Com tantos requisitos de hardware e de software para manter a rede segura, é comum que gestores de TI se sintam sobrecarregados e vejam seu orçamento estourar com tantos investimentos para proteger os dados da empresa.

É nesse momento que a dúvida surge: não seria melhor optar pelo outsourcing de segurança da informação?

Como funciona o outsourcing de segurança da informação?

Terceirizar a gestão da sua segurança significa contratar um fornecedor especializado para ficar responsável por toda a operação de segurança da empresa ou por parte dela, de acordo com as suas necessidades.

A partir de uma análise das especificidades do seu negócio, ele entregará uma solução para resolver todos os problemas técnicos e estabelecer posições que façam sentido para a organização.

O outsourcing ajuda a identificar gargalos e propor soluções — e o melhor: 24 horas por dia, 7 dias por semana. Como sabemos bem, os crackers (hackers criminosos) não possuem horário de trabalho, e é preciso estar preparado para receber ataques a qualquer hora do dia.

Quais os benefícios do outsourcing de segurança da informação?

Para quem já terceiriza algumas funções na empresa (como suporte ao cliente, por exemplo) as vantagens do outsourcing podem ser familiares. Porém, se este não é o seu caso, mostramos alguns dos principais benefícios desse serviço para sua gestão e para a empresa. Veja só porque esta é uma ótima solução:

1. Reduzir custos e diminuir o orçamento

Para começar, o outsourcing de segurança da informação vai reduzir custos dentro da organização, uma vez que você não precisará montar seu próprio sistema de segurança.

Empresas especializadas em fornecer serviços de segurança em TI podem conseguir contratos muito mais interessantes com outros fornecedores do que você, o que torna a aquisição de hardwares e softwares bem mais em conta.

Além disso, os custos de manter uma equipe interna, como salários, benefícios e treinamento, são bem mais altos do que quando você contrata uma companhia que já conta com profissionais experientes e preparados.

2. Poder contar com hardware atualizado

Hardwares ficam obsoletos rapidamente. Se você comprar um hardware hoje para hospedar seus servidores, provavelmente em três anos precisará gastar mais dinheiro para atualizar sua infraestrutura de TI — e aí, o investimento feito anteriormente vira um peso de papel.

Por outro lado, se você terceiriza a gestão da sua segurança, poderá ter seu equipamento sempre atualizado.

3. Garantir maior foco no negócio

A segurança é prioridade e é um dos pontos que mais consome tempo do seu trabalho como gestor de TI. É preciso estar atento a diversos detalhes de sistemas e equipamentos para garanti-la, o que pode consumir um tempo considerável, que poderia ser gasto com outras melhorias para o negócio.

É por isso que contar com o apoio de uma empresa terceirizada permitirá um foco maior em soluções que otimizem o core business da empresa, em vez de ficar a todo momento apagando incêndios e corrigindo problemas de segurança.

4. Contar com maior expertise e experiência

Com o outsourcing, você contará com a expertise e experiência de uma equipe focada em resolver problemas de segurança. Como essas empresas contam com profissionais que lidam com firewalls, VPNs e sistemas de detecção de intrusos a todo momento, é muito mais provável que eles tenham enfrentado o problema que afeta sua empresa em algum outro cliente.

Dessa forma, elas podem solucioná-lo em questão de minutos, enquanto você ou qualquer um de sua equipe levaria horas tentando entender o que está acontecendo e como resolver.

É importante lembrar que, mesmo contando com o outsourcing de segurança da informação, os cuidados internos com a segurança e a estabilidade dos seus sistemas não podem ser negligenciados. Mas, sem dúvidas, ele poderá tornar sua operação mais segura e efetiva, além de menos custosa.

Curtiu nosso post? Ficou com alguma dúvida? Comente e nos conte como a segurança da sua empresa é gerenciada hoje e em que você acha que ela pode ser melhorada!