Nos dias atuais a utilização de dispositivos móveis cresce a cada dia, e o número de ameaças à sua segurança cresce na mesma proporção. 

Os ataques a dispositivos podem ocorrer de diversas formas, por exemplo: Através de aplicativos falsos, SMS, Phishing e etc. Portanto, tomar algumas precauções podem minimizar esses problemas, como não instalar aplicativos de fontes não conhecidas.

Hoje encontramos diversos malwares focados em atacar dispositivos móveis, devido ao aumento de número de pessoas que acessam aplicativos pelo smartphone para realizar tarefas do dia a dia, como transações bancárias, compras online e outras. Mensagens falsas são enviadas por SMS para enganar o usuário.

Para evitar que algum desses problemas aconteça dentro da sua organização, a seguir separei 7 dicas de segurança é essenciais para os seus dispositivos móveis:

  1. Possuir um antivírus no aparelho: Como ficam conectados a maior parte do tempo, a exposição a vírus é grande, por isso, um antivírus eficiente garante a proteção do dispositivo e, ainda, pode ajudar em sua performance, como possuir softwares de bloqueio de pop-ups, programa antirroubo e bloqueio contra spam;
  2. Alteração de senhas periodicamente: Usar a mesma senha em todos os dispositivos por muito tempo pode ser arriscado. O ideal é modificá-la a cada três meses e usar uma combinação de números e letras; 
  3. Cautela ao abrir e-mails: É muito comum utilizar smartphones para checar a caixa de e-mails, porém, muitos vírus podem ser anexados a eles. Por isso, deve-se ter cuidado com remetentes desconhecidos ou títulos estranhos;
  4. Uso de redes Wi-Fi abertas: Pontos de conexões públicas sempre trazem riscos. Realizar compras online ou outras operações que utilizem dados pessoais devem ser evitados;
  5. Modificação do sistema: Evite procedimentos de desbloqueios não-oficiais, pois essas alterações podem incluir vírus ou programas que permitam o controle remoto do aparelho;
  6. Navegação segura: Há sites com vírus que são preparados para infectar especialmente dispositivos móveis. Durante o acesso, é possível identificar qual é o tipo de aparelho do visitante e tentar ataques específicos para cada tipo de equipamento;
  7. Backup na nuvem : Realizar cópias de segurança é uma tarefa importante para o caso de roubos ou perdas de dados não salvos. 

A falta de políticas de segurança móvel deixa os dados sensíveis ainda mais vulneráveis, por isso, deve ser criada e conter regras de autenticação e restrições e exigir o uso de senhas. A política de uso de aparelhos móveis deve ser parte do processo de integração de corporações.