Quando falamos sobre ataques DDOS, como todos os outros tipos de vulnerabilidades e ataques, não existe uma fórmula mágica que garanta 100% da segurança e que vai impedir totalmente que eles aconteçam.

Porém, existem algumas ações e ferramentas preventivas que serão muito úteis para proteção da sua empresa. Vejamos então quais são elas.

Prepare-se e invista em Segurança da Informação

O ataque DDoS atinge um dos três pilares da Segurança da Informação, que são: confiabilidade, integridade e disponibilidade. O DDOS atinge justamente o pilar da disponibilidade, uma vez  que ele torna o serviço prestado por uma empresa indisponível.

Por esta razão, é de total importância investir em ações que irão garantir que nenhum desses pilares sejam abalados, garantindo, consequentemente, a continuidade dos seus negócios.

O primeiro de tudo é pensar em se armar com equipamentos e soluções de defesa.  Em nosso artigo: Segurança da Informação: o que é e como cuidar?contamos todos os passos e informações necessárias para que você mantenha sua empresa segura.

Investir em Segurança da Informação é uma medida importante contra o ataque DDOS e todas as demais vulnerabilidades. Mas, além das ações, ela também apresenta as ferramentas necessárias para cuidar da sua empresa.

A seguir, veremos uma que é indispensável na prevenção contra o DDOS.

Invista em um bom Firewall

Uma ferramenta essencial para proteger sua empresa é o firewall. O firewall é uma ferramenta que limita o acesso às portas e janelas do computador, e, assim, impede a entrada de invasores.

Desta forma, somente usuários autorizados terão permissão para utilizar alguns recursos da rede e do computador. O recurso impede a entrada e saída de informações confidenciais, pois controla a transferência de dados do computador através da internet, prevenindo o envio de arquivos privados à rede.

Em outras palavras, o firewall compara as informações enviadas e recebidas com as configurações de segurança definidas pelo administrador, e autoriza ou bloqueia os pacotes de dados.

Esse processo é conhecido como “filtragem de pacotes”, já que a ferramenta realiza exatamente essa função: a de bloquear os pacotes de dados que não foram configurados na lista de permissões do firewall.

Além disso, sabia que alguns roteadores e switches também são capazes de fazer uma contingência das solicitações de tráfego para um site? Essa vantagem é uma forma de limitar o uso de banda por requisições não identificadas.

Mediante a tais recursos, acredito que ficou claro como o firewall é uma ferramenta essencial para garantir a segurança da sua empresa, não é mesmo?