O gerenciamento de recursos na área de TI tem se transformado em um processo cada vez mais acelerado e complexo. Com ambientes cada vez mais virtualizados e dinâmicos, os softwares de gerenciamento e monitoramento de rede são ferramentas importantes para elevar o desempenho, a segurança e garantir a continuidade do negócio.

Nesse contexto, é essencial que o gestor de TI garanta a confiabilidade e o bom funcionamento dos sistemas internos. Para que isso ocorra, é preciso empregar técnicas e rotinas para realizar essa tarefa com eficácia.

O que é o monitoramento de rede?

É um processo que faz a verificação do funcionamento de todos os serviços e equipamentos ligados à estrutura de rede nas empresas.

Para isso, é necessário realizar o monitoramento de rede, enviando alertas e relatórios periódicos ao responsável pelo setor. Dessa forma, é possível evitar e/ou corrigir falhas antes mesmo que elas sejam notadas pelos usuários, mantendo a disponibilidade do ambiente computacional e a estabilidade no trabalho das equipes.

Por que fazer o monitoramento de rede da sua empresa?

As redes corporativas têm a tendência de se tornar cada vez maiores e de abranger um maior volume de informações. Ao planejar o monitoramento de rede para a empresa, o gestor de TI pode acompanhar o seu desempenho, analisar e corrigir possíveis riscos e vulnerabilidades.

Todos esses problemas podem resultar na redução da produtividade dos setores que dependem da TI. Portanto, é necessário gerenciar e monitorar a eficiência no funcionamento de toda a infraestrutura de rede, garantindo a continuidade e confiabilidade do sistema.

O que deve ser monitorado na rede da empresa?

Quais são as vantagens do monitoramento de rede?

1. Economia de tempo e de recursos por meio do monitoramento automático

Com o aumento da infraestrutura e da densidade de informações que circulam pela rede das empresas, o monitoramento automático diminui consideravelmente a possibilidade de falha humana.

As atualizações constantes e adição de novas soluções de tecnologia propiciam a automatização de vários processos, proporcionando a todos os envolvidos uma maior economia de tempo e de recursos por parte da empresa.

Outro ponto positivo é que os colaboradores podem manter o foco em suas atividades diárias, sem se preocupar com as atividades da TI, o que também contribui para a continuidade dos trabalhos sem quaisquer interrupções ocasionadas por falhas na rede.

2. Maior disponibilidade do sistema

A disponibilidade dos serviços de TI é a condição de existência para muitas organizações que dependem da rede corporativa para desempenhar suas atividades.

Basta observar o que acontece quando os telefones não funcionam, a internet corporativa cai ou quando o sistema fica completamente travado.

Sem um monitoramento de rede adequado, que dê alertas de falhas no sistema ao responsável pelo setor, o problema só será detectado quando provocar algum tipo de dano — uma operação importante que não foi concluída ou quando um arquivo não pode ser acessado pelo servidor no momento em que a empresa mais precisa dele, entre outros.

Ao investir nessa tarefa, o gestor evita que ocorram paradas por falhas inesperadas e redução da produtividade da equipe, que pode contar com a disponibilidade do sistema para a execução de suas atividades.

3. Detecção de problemas em tempo real

O monitoramento de rede tem a capacidade de detectar problemas antecipadamente em equipamentos, servidores, banco de dados e em toda a infraestrutura de rede da organização.

Assim, é possível tomar medidas ágeis de correção, antes que eles provoquem impactos negativos no ambiente corporativo.

Pense: quantas vezes você gostaria de ter tido a oportunidade de antecipar falhas e problemas na rede da empresa? A possibilidade de encontrar problemas em tempo real e fazer a sua correção é uma habilidade que ajuda a garantir a disponibilidade e a confiabilidade do sistema da empresa.

Com as ferramentas de gerenciamento e monitoramento, é possível garantir a continuidade dos serviços, com baixíssima incidência de erros e falhas.

4. Atualizações constantes

Com a otimização de processos, os sistemas operacionais e aplicações utilizados pela empresa são atualizados com frequência, de forma totalmente automática, evitando erros e bugs no sistema, que podem prejudicar seriamente o desempenho da rede.

Empresas que deixam essa etapa de lado precisam fazer o upgrade de software e de hardware simultaneamente, de forma manual, desperdiçando tempo e recursos sem necessidade.

Se elas se preparam antecipadamente, todo esse processo é realizado por meio de uma solução de tecnologia, sem a necessidade de interrupção das atividades dos colaboradores.

5. Aumento da produtividade

Em muitas organizações, os funcionários sofrem com a lentidão do sistema, demorando a acessar pastas e arquivos essenciais. Isso impacta diretamente na sua produtividade, já que eles precisam esperar o sistema funcionar para conseguir trabalhar.

Além disso, o colaborador sofre com estresse, desconcentração e irritabilidade quando esse tipo de evento acontece, afetando negativamente o seu desempenho laboral.

Com um bom monitoramento de rede, esse tipo de problema raramente ocorre, já que a disponibilidade do sistema está sempre em dia. Assim, o profissional não precisa parar as suas atividades por nenhuma eventualidade ligada à TI, garantindo a sequência de seus trabalhos sem interrupções.

6. Gestão de segurança

O monitoramento de rede deve contribuir também para o aumento na segurança da informação. Dessa forma, é possível detectar intrusos na rede corporativa por meio de ações de prevenção, o que pode ser gerenciado pelo administrador da rede.

Garantir a segurança torna essa rotina ainda mais importante para a estratégia do negócio, evitando que a organização sofra roubo ou vazamento de informações confidenciais, já que o invasor é encontrado assim que entra no sistema. Afinal, só pessoas devidamente autorizadas podem ter acesso a dados corporativos.

Percebeu como o monitoramento de rede é importante para uma empresa? Manter todos os seus sistemas, servidores, dados corporativos, segurança e disponibilidade do sistema, por meio de ações manuais, com eficiência é uma tarefa quase impossível. Portanto, use a tecnologia a seu favor e mantenha o nível de serviço sempre disponível e confiável!